Voar é um desejo que começa em criança!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Bücker Bü 131

Após a Primeira Guerra Mundial a Alemanha ficou proibida, pelo tratado de Versalhes, de projetar, construir e operar aeronaves militares. Mesmo assim, na década de 30, um ex-piloto da Marinha Imperial Alemã, Carl Clemens Bücker, também um dos fundadores da indústria aeronáutica da Suécia (SAAB), desenvolveu o projeto de um novo avião de treinamento (e um excelente modelo para acrobacia aérea) o Bücker Jungmann(Jovem). O Bücker Bü 131 foi o primeiro projeto da Bücker Flugzeugbau GmbH, sediada em Johannisthal na Alemanha. Tratava-se de um biplano com dois assentos em tandem, fuselagem de estrutura metálica coberta com tela e asas de madeira, também cobertas por tela. Seu protótipo fez o primeiro voo em abril de 1934.O modelo se tornou um dos treinadores adotados pela "renascida" Luftwaffe (Força Aérea Alemã). O avião foi utilizado pela Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial dando apoio a infantaria alemã e também ataques ao solo. Foi exportado para Hungria, Romênia e Japão. No Japão, o aparelho foi produzido sob licença pelas fábricas de aviões Kokusai e Kyushu, sendo utilizado tanto pelo exército e pela marinha imperial japonesa. Seu sucesso comercial no mercado militar foi grande e logo vários países já possuíam o Bücker. No Brasil 12 exemplares foram adquiridos em maio de 1939, mas não para uso militar e sim para utilização como aeronave acrobática.

*Fonte: www.pioneirosdoar.com.br