Voar é um desejo que começa em criança!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Ágata 4

Operação na faixa de fronteira
Ágata 4 é uma operação do Ministério da Defesa, realizada na fronteira norte do país, que envolve as três Forças Armadas (Marinha, Exército e Força Aérea) e diversas instituições públicas, como a Polícia Federal, o IBAMA, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), entre outras.
Na última quarta-feira (2/05), uma carga de 8 mil litros de querosene de aviação foi levada para a cidade de Oiapoque no estado do Amapá. O transporte do combustível, que será utilizado pelos helicópteros do Exército, foi o último ato da fase de mobilização da Operação ÁGATA 4.
Desde o dia 21 de abril as aeronaves de transporte da FAB estão trabalhando para colocar todo o material necessário na área de operações. “Tudo está exatamente onde deveria estar e no prazo correto”, afirma o Coronel Aviador Wagner Giovanelli, responsável pela logística da Força Aérea na operação Ágata 4.
Com 770 mil quilômetros quadrados a área da operação da ÁGATA 4 abrange uma das regiões mais inóspitas do País. “Muitas das localidades onde atuaremos só tem acesso por via aérea”, explica o Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, comandante da Força Aérea na Operação; “Por isso a importância da fase de mobilização”, conclui.
Entre o material transportado estão todos os equipamentos do Hospital de Campanha da Aeronáutica que está atendendo na calha do Rio Negro. E mais: material da Marinha do Brasil e da Fundação Nacional do Índio (FUNAI); passageiros da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), da Força Nacional, da Agência Nacional de Petróleo (ANP), do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e das Vigilâncias Sanitária e Agropecuária.
No esforço logístico a FAB utilizou aeronaves C-130 Hércules, C-105 Amazonas, C-95 Bandeirante e C-98 Caravan. Em conjunto, só na mobilização, essas aeronaves transportaram mais de 77 mil quilos de carga.

Saiba mais: Operação Ágata 4