Voar é um desejo que começa em criança!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Pioneiros

20 de setembro: nascimento de Eduardo Gomes
Eduardo Gomes, nascido em Petrópolis, RJ, no dia 20 de setembro de 1896, foi um aviador, militar e político brasileiro. É o patrono da FAB - Força Aérea Brasileira. Foi ministro da Aeronáutica por duas vezes, no governo Café Filho (1954-1955) e no governo castelo Branco (1965-1967).Trabalhou na criação do Correio Aéreo Militar, atual CAN – Correio Aéreo Nacional. Entre suas ações políticas, em 1935, comandou o 1º Regimento de Aviação contra o levante conhecido como Intentona Comunista. Em 1945 e em 1950, foi candidato a presidente da República. Em 1941, com a criação do Ministério da Aeronáutica, foi promovido a brigadeiro. Participou da organização e construção das Bases Aéreas que iriam desempenhar importante papel no esforço dos aliados na Segunda Guerra Mundial.


Mensagem do Comandante da Aeronáutica

NASCIMENTO DO PATRONO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

NA ANTIGUIDADE GREGA, BERÇO DOS IDEAIS DEMOCRÁTICOS, OS GRANDES FILÓSOFOS ALICERÇAVAM SUAS LIDERANÇAS À FRENTE DA SOCIEDADE ATENIENSE, TANTO AO BUSCAREM INCESSANTEMENTE O APRIMORAMENTO DO CONHECIMENTO HUMANO, COMO AO CULTUAREM, DE FORMA IRRESTRITA, A LIBERDADE DO PENSAMENTO.ESSES MESMOS PRINCÍPIOS NORTEARAM A AGUERRIDA TRAJETÓRIA DO PATRONO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA, O MARECHAL EDUARDO GOMES, VISIONÁRIO SOBREVIVENTE DO FORTE DE COPACABANA, PARA O QUAL – SÓ A LIBERDADE CRIA VALORES ESTAVÉIS; SÓ A EDUCAÇÃO REDIME, ORIENTA E COMANDA.HOJE, AO PASSAR EM REVISTA À TROPA NO INOLVIDÁVEL CAMPOS DOS AFONSOS, ASSEGURO A PERPETUAÇÃO DESSAS LÍDIMAS VIRTUDES, PRESENTES EM TODA A HISTÓRIA DA AERONÁUTICA BRASILEIRA, TESTEMUNHANDO A INABALÁVEL ALTIVEZ E GARBO DAQUELES QUE, ORGULHOSAMENTE, ENVERGAM HÁ 71 ANOS O AZUL DOS CÉUS DO NOSSO VALOROSO BRASIL.PAÍS, CUJOS ESFORÇOS PARA A SEDIMENTAÇÃO DA UNIÃO NACIONAL, DEVERAM-SE, EM LARGA MEDIDA, ÀS ABNEGADAS INICIATIVAS EMPREENDIDAS POR HOMENS DO QUILATE DO NOSSO PATRONO, QUE ALÉM DE PRECURSOR DO CORREIO AÉREO NACIONAL, REVELOU-SE UM ILIBADO HOMEM PÚBLICO, DEFENSOR DOS MAIS PUROS PRINCÍPIOS DEMOCRÁTICOS E CONSTITUCIONAIS.MESMO SEM A ALMEJADA VITÓRIA NOS PLEITOS, A VOCAÇÃO DE ESTADISTA NATO FICAVA PATENTE NO SEU PREMONITÓRIO COMUNICADO AO PÚBLICO, APÓS O ANÚNCIO DO RESULTADO DAS ELEIÇÕES DE 1945:“SEJAMOS VIGILANTES NO AMOR À LIBERDADE... MUITAS SÃO AS SURPRESAS QUE DESVIAM OS POVOS DO SEU RUMO ESPONTÂNEO; ELAS, PORÉM, SÓ PRODUZIRÃO EFEITOS DURADOUROS SE OS DEMOCRATAS TRANSIGIREM COM SUA FÉ.”AINDA QUE A FÉ DESTE LÍDER NACIONAL NÃO TENHA SIDO, INTEGRALMENTE, ORIENTADA À VIDA PÚBLICA, SUAS MANIFESTAÇÕES NO ÂMBITO DO PODER AEROESPACIAL BRASILEIRO REVELARIAM-SE SÓLIDAS E PERENES.ENTRE TÃO RICAS CONTRIBUIÇÕES, SEU INSIGNE LABOR EM PROL DA AERONÁUTICA REMONTA À CONCEPÇÃO DOUTRINÁRIA PARA A CRIAÇÃO DO NOSSO MINISTÉRIO. JÁ SE DIMENSIONAVA O VULTO DO LEGADO, QUE AQUELE JOVEM “TENENTE” DA DÉCADA DE VINTE OFERTARIA ÀS GERAÇÕES FUTURAS.CONSOLIDADO O VICEJAR DA ARMA AÉREA INDEPENDENTE, O JOVEM BRIGADEIRO, JÁ COMO COMANDANTE DA SEGUNDA ZONA AÉREA, ENFRENTARIA A DESAFIADORA MISSÃO DE GERENCIAR O HERCÚLEO SUPORTE LOGÍSTICO ÀS FORÇAS ALIADAS, OPERANDO NO NORDESTE BRASILEIRO, CONTRA OS AMEAÇADORES SUBMARINOS DO EIXO.NASCIA SOB SEUS AUSPÍCIOS, OUTRO LENDÁRIO “CAMPO DE POUSOS” DE NOSSA FORÇA AÉREA – O TRAMPOLIM DA VITÓRIA.CONQUISTADO O TRIUNFO NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, O MILITAR E O HOMEM PÚBLICO MESCLARIAM-SE NA PERSONALIDADE DO ETERNO CIDADÃO DE PETRÓPOLIS.FORJAVA-SE, AO LONGO DE AGITADOS PERÍODOS DA HISTÓRIA NACIONAL, O ÍCONE MILITAR QUE SERIA CONHECIDO POR SUAS INABALÁVEIS RETIDÃO DE CARÁTER, IDEALISMO E, ACIMA DE TUDO, INEQUÍVOCO AMOR À PÁTRIA.AMOR INCONDICIONAL AO BEM COMUM, REFLETIDO INCLUSIVE NA ESFERA PESSOAL, AO DEDICAR-SE, INTEIRAMENTE, AO BEM DE NOSSA INSTITUIÇÃO, E AO MANTER UMA DISCRETA ROTINA DE DOAÇÕES ÀS OBRAS DE CARIDADE. GANHAVA VIDA A MÁXIMA DE QUE – O EXEMPLO É A MAIS PODEROSA RETÓRICA.MODELO QUE CONTINUA INSPIRANDO HOMENS E MULHERES DA NOSSA AERONÁUTICA, AO OBJETIVAREM, COMO SEU PATRONO, A HARMÔNICA FUSÃO ENTRE O TRADICIONALISMO DA CARREIRA DAS ARMAS E A MODERNIDADE NECESSÁRIA AO EMPREGO DO VETOR AÉREO.HERDEIROS DE EDUARDO GOMES,ESTA OBSTINADA BUSCA DA HARMONIA ENTRE O ANTIGO E O MODERNO REPRESENTA, AO COMEMORARMOS HOJE O NASCIMENTO DO PATRONO DA FORÇA AÉREA, O CERNE DO OFÍCIO MILITAR DA ATUALIDADE.POIS DE UM LADO ESTÃO AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA O AUTÊNTICO LÍDER MILITAR – CORAGEM DE ATITUDES, AUTORIDADE MORAL, RESPONSABILIDADE E ESPÍRITO PÚBLICO – ENQUANTO DO OUTRO, EVIDENCIAMOS A LIBERDADE DE AÇÃO, COMO FORÇA MOTRIZ DO APRIMORAMENTO DOUTRINÁRIO DA CASERNA.INSPIRADOS NESTES MILENARES PRECEITOS FILOSÓFICOS, MANTENHAMOS ACESA A MESMA CENTELHA, PRESENTE NOS 85 ANOS DE VIDA, DAQUELE QUE COMANDOU A FORÇA AÉREA BRASILEIRA COM O OLHAR DE UM ESTADISTA E O CORAÇÃO DE UM JOVEM TENENTE.QUE A FÉ EM DEUS PERPETUE-SE NA HISTÓRIA DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA!

Brasília, 20 de setembro de 2012.

Tenente-Brigadeiro-do-Ar JUNITI SAITO