Voar é um desejo que começa em criança!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Gripen NG

Brasileiros do projeto Gripen seguem para treinamento na Suécia
Um grupo de 46 engenheiros e técnicos brasileiros do projeto Gripen começa a trabalhar na Suécia a partir do dia 19 de outubro de 2015. Eles são funcionários das empresas Embraer, de São José dos campos (SP) , e AEL Sitemas, de Porto Alegre (RS). São os pioneiros para o início do programa de fabricação dos caças supersônicos Gripen NG, que serão produzidos pela Saab para equipar a FAB (Força Aérea Brasileira). O contrato de compra dos jatos inclui transferência de tecnologia para o Brasil, sob a coordenação da Embraer. Serão 36 caças supersônicos Gripen NG de última geração, capazes de voar duas vezes a velocidade do som. Os técnicos e engenheiros brasileiros irão em grupos ao longo dos próximos anos. Em outubro de 2015, irão 44 funcionários da Embraer e 2 da AEL. A Embraer, até 2020, enviará 280 pessoas, entre engenheiros e operadores de produção, para a sede da Saab para atuar no projeto. Haverá treinamentos teóricos e a maioria dos técnicos e engenheiros também participará do treinamento prático (on-the-job), no desenvolvimento do Gripen, com formação mais especializada dentro do mesmo projeto que atuam os engenheiros da Saab.