Voar é um desejo que começa em criança!

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Instituto Tecnológico de Aeronáutica

ITA tem recorde de inscrições para o Vestibular 2016
O número de inscritos para o Vestibular 2016 do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) foi recorde. A instituição, localizada em São José dos Campos (SP) e dedicada ao ensino de engenharia, registrou aproximadamente 12.400 inscritos. O número representa um aumento de 59% em relação ao ano passado, quando 7.792 se inscreveram para a seleção. De acordo com dados do ITA, a média de inscritos dos últimos 10 anos ficou em 7.194. Segundo o coordenador do vestibular do ITA, professor Luiz Carlos Rossato, o aumento se deve ao fato de que estudantes de regiões mais afastadas do País têm tomado conhecimento da qualidade de ensino e da estrutura oferecida aos alunos, que inclui alimentação gratuita e alojamento no campus a valores módicos. Para o professor, os auxílios de que dispõe o ITA, aliados ao alto nível acadêmico, são estímulos para que estudantes de outras localidades escolham se mudar para São José dos Campos (SP) para estudar engenharia. Neste ano, a equipe de divulgação institucional participou de feiras por todo o País, distribuiu materiais gráficos regionalizados e contou com o apoio de órgãos do governo federal para a veiculação de um vídeo sobre o vestibular em canais da televisão aberta. "O número de candidatos que vai fazer a prova em Belém (PA) aumentou de 154 no ano passado para mais de 600, ou seja, quadruplicou. Em Manaus (AM), o número mais que duplicou. Já em localidades como Brasília, por exemplo, ficou mais ou menos estável", afirma o professor. Esse acréscimo de 4.608 candidatos em relação ao Vestibular 2015 vai trazer mudanças na logística do concurso, que estava sendo planejado com base na prova anterior. "Temos alguns desafios à frente, como reavaliar os locais para aplicação do teste, o número de fiscais e debater parcerias para transporte de provas e pessoal, com auxílio de unidades aéreas da FAB, para que nós consigamos, assim como nos outros anos, alcançar 100% de transparência e idoneidade no concurso", analisa o professor Rossato. As provas escritas serão realizadas nos dias 15, 16, 17 e 18 de dezembro em 23 cidades por todo o País. Serão cobrados conhecimentos objetivos e dissertativos de física, química, matemática, português e inglês, além de uma redação.