Voar é um desejo que começa em criança!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Datas Especiais

19 de novembro:
Dia da Bandeira
Desde que chegou à capital federal para servir no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), a Sargento da Força Aérea Brasileira Rayla Farias de Lucena já participou três vezes da solenidade de substituição da Bandeira Nacional, em Brasília (DF). Durante a cerimônia, realizada mensalmente na Praça dos Três Poderes, a maior bandeira do País (com uma área de 280 m² e 90 kg de peso) é hasteada. “A Bandeira representa nossa pátria e é importante que as pessoas vejam seu significado”, comenta a Sargento, que também já integrou a tropa de bandeiras históricas na primeira solenidade da qual participou. O grupamento representa as doze bandeiras que o País teve até chegar à atual, instituída após a proclamação da República - em 1889 - quando a comemoração ao Dia da Bandeira passou a fazer parte do País. Todo dia 19 de novembro, as unidades da Força Aérea Brasileira realizam uma cerimônia militar alusiva à data, durante a qual são ressaltados o simbolismo e o culto ao Pavilhão Nacional. Durante essa solenidade, as bandeiras antigas e inservíveis são incineradas ao meio-dia nas organizações militares. Segundo a Tenente Historiadora Regina Celly De Morais Lopes De Souza, do Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR), a Bandeira Nacional já teve diversas configurações e conforme a sociedade mudou, a Bandeira mudou junto. “É o maior símbolo de uma Nação, representa sua identidade, descreve suas riquezas e particularidades”, destaca. A relação dos militares com a Bandeira do Brasil é habitual. Diariamente são realizadas cerimônias de hasteamento nas organizações. “Para nós militares, a bandeira é o símbolo que representa todos os brasileiros, todas as suas lutas e conquistas”, complementa a Tenente Celly.