Voar é um desejo que começa em criança!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Efemérides Aeronáuticas - Novembro



INSTITUTO HISTÓRICO-CULTURAL DA AERONÁUTICA

Efemérides Aeronáuticas de Novembro

1855
- Foi realizada a primeira ascensão aerostática no Brasil; o balão subiu no Rio de Janeiro do Campo de Sant’Ana (Praça da República) às 17 horas e 30 minutos e desceu n’água na Baía da Guanabara, a alguns metros da ponte do Gambá, no Saco do Alferes; o aeronauta chamava-se Edouard Heill (“Jornal do Comercio” de 12/11/1855). (11 de novembro)

1881 
- Júlio Cesar Ribeiro de Souza, inventor brasileiro, realizou, em Paris, a primeira experiência com o seu “balão planador” ao qual deu o nome de “Victória”. (8 de novembro)

- Júlio Cesar realizou uma segunda experiência em Paris perante várias autoridades. (12 de novembro)

1899
- Santos-Dumont, partindo do Parque de Aerostação de Vaugirard em Paris, realizou a primeira experiência com o seu balão dirigível nº 3. (13 de novembro)

1906
- Santos-Dumont com o aeroplano 14 Bis voou, no Campo de Bagatelle em Paris, 220 metros em 22 segundos e 1/5, a 6 metros de altura, ganhando o prêmio de 1.500 francos estabelecido pelo Aeroclube da França. (12 de novembro)

1907
- Santos-Dumont realizou em Paris a primeira experiência com o seu aeroplano nº 19 que tomou o nome de “Demoiselle”. (15 de novembro)

1914 
- Foi realizado o primeiro voo do monoplano “J. Alvear” construído no Brasil, equipado com um motor de 50 cavalos vapor; o piloto foi i aviador argentino Ambrósio Caragiola. (14 de novembro)

1918
- Foi realizada no Campo dos Afonsos, na presença do Ministro da Guerra, Marechal Caetano de Faria, a experiência oficial do avião biplano “Alagoas” construído no Brasil pelo Capitão do Exército Marcos Evangelista da Costa Villela Junior e pilotado pelo Tenente do Exército Raul Vieira de Mello. (11 de novembro)

1930
- Passou a ser reconhecida pela denominação de Panair do Brasil S.A, conforme resolução aprovada em assembléia geral extraordinária realizada em 01 de outubro de l930, a Sociedade Anônima brasileira Nyrba do Brasil, S.A (Decreto nº 19.417) (21 de novembro)

1931
- Chegou em Natal o aviador australiano Bert Hinkler pilotando sozinho um pequeno avião de turismo De Havilland “Puss Moth” de 120 cavalos vapor vindo de Nova Iorque com escalas em Jamaica e Venezuela. (23 de novembro)

- Foi promulgada mo Brasil a “Convenção de Varsóvia” (12 de outubro de 1929) para unificação de certas regras relativas ao transporte aéreo internacional (Decreto nº 20.704) (24 de novembro)

1933
- Foi fundada e constituída a empresa “S.A Viação Aérea São Paulo” VASP. (04 de novembro) 

1935
- Chegou em Natal a aviadora neo-zelandesa Jean Batten que realizou, sozinha, o reide Londres – Buenos Aires. Tendo partido de Londres a 11 de novembro e atravessado o Atlântico Sul, partindo de Dakar, em 14 horas de voo. Jean Batten pilotava um pequeno avião de turismo inglês, o “Percival Gull” equipado com um motor Gipsy-6 de 205 cavalos vapor. (13 de novembro)

1936
- A empresa aérea VASP iniciou a linha São Paulo-Rio de Janeiro com aviões trimotores Junkers JU52, para 17 passageiros. (30 de novembro)

1937
- Chegou a Natal o avião Frances quadrimotor “Farman” denominado “Chef Pilote Laurent Guerrero” equipado com motores Hispano Suiza de 600 cavalos vapor e tripulado pelo piloto Paul Codos, 2º piloto Reine, radio telegrafista Vauthier e mecânico Dantier. ( 21 de novembro)

- Depois de percorrer o litoral brasileiro, vindo do norte, chegou ao Rio de Janeiro (Campo dos Afonsos) a Esquadrilha de Confraternização Americana que realizou um voo em torno das Américas fazendo propaganda para a ereção do monumento “Farol de Colombo” em Ciudad Trujillo capital da Republica Dominicana. (25 de novembro)

1938
- Foi concedida autorização à Sociedade Anonima “Ala Littória S.A” para funcionar no país (Decreto nº 3481) (23 de novembro)

1939
- O Presidente Getúlio Vargas, o Ministro da Guerra, General Eurico Dutra e o Chefe do Estado Maior do Exército, General Góes Monteiro, realizaram um voo de 50 minutos a bordo de uma das “Fortalezas Voadoras” B-17 da Aviação Militar Norte Americana que vieram ao Rio de Janeiro para as comemorações do “Cinquentenário da Proclamação da República do Brasil” (21 de novembro) 

1941 
- Foi organizado o Corpo de Oficiais da Aeronáutica com os seus vários Quados (Decreto Lei nº 3.810. (10 de novembro)

- Foi fixado os efetivos do Quadro de Oficiais Aviadores ( Decreto Lei nº 3.836) (18 de novembro) 

1942
- Foi criada a Base Aérea de Salvador (Decreto Lei nº 4.916) (05 de novembro) 

- Ficou estabelecida uma área a leste da cidade de Pirassununga, em São Paulo, como o local da nova sede da Escola de Aeronáutica a ser oportunamente construída (Decreto Lei nº 4.968) (18 de novembro)

1943
- Foi criada a Ordem do Mérito Aeronáutico (Decreto Lei nº 5.961) (01 de novembro)

- Foi aprovado o termo de ajuste entre o Governo Brasileiro e a “Embry Riddle School of Aviation” existente em Miami, Flórida, USA, para a instalação da “Escola Técnica de Aviação”, na cidade de São Paulo (Decreto nº 5.983) (10 de novembro)

1946
- Foi concedida autorização à “Flota Aérea Mercante Argentina” (FAMA) para funcionar no país (Decreto nº 22.144) (21 de novembro)

1948
- Foi aprovado o “Acordo sobre Transportes Aéreos entre o Brasil e o Reino dos Países Baixos”, firmado no Rio de Janeiro em 06 de novembro de 1947 (Decreto Legislativo nº 32). (03 de novembro)

- Foi instituída na Força Aérea Brasileira a Medalha da “Campanha do Atlântico Sul” (lei nº 497) (28 de novembro)

1951
- Foi aprovado o “Acordo sobre Transportes Aéreos entre o Brasil e a Turquia”, firmado em Ankara em 21 de setembro de 1950 (Decreto Legislativo nº 52) ( 08 de novembro)

- O Aeroporto de Natal passou a denominar-se “Augusto Severo” (Lei nº 1.473) (24 de novembro) 

- Foi aprovado o “Acordo sobre Transportes Aéreos entre o Brasil e o Líbano”, firmado no Rio de Janeiro em 11 de Janeiro de 1951 (decreto Legislativo nº 61) (28 de novembro)

1953
- Foi criado o estandarte da Escola de Especialistas da Aeronáutica (Decreto nº 34.622) (16 de novembro)

- Foi considerado organizado, em São José dos Campos, o Centro Técnico da Aeronáutica, ficando extinta, a partir de 31 de dezembro de 1953, a Comissão de Organização do referido Centro. (Decreto nº 34.701) (26 de novembro)

1956
- Foi estabelecida a isenção de impostos sobre combustíveis e lubrificantes de aviação (Lei nº 2.975) (27 de novembro)

1957
- Foi criado o Destacamento de Base Aérea de Brasília (Decreto nº 42.697) (27 de novembro)

Fonte: INCAER