Voar é um desejo que começa em criança!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Cartografia

Pesquisa mostra confiabilidade nas cartas aeronáuticas
Confiabilidade e precisão. Essas duas qualidades pontuam a percepção dos usuários das cartas aeronáuticas elaboradas pelo Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA) - organização técnica vinculada ao DECEA - Departamento de Controle do Espaço Aéreo - segundo extrato da Pesquisa de Satisfação das Cartas de Aproximação por Instrumentos 2015. O objetivo da sondagem foi traçar um perfil das percepções dos usuários sobre a utilização das cartas de aproximação (IAC), de chegada (STAR) e de saída (SID) para fornecer informações que contribuíssem com o seu aprimoramento. De acordo com o Diretor do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), Coronel Augusto Cesar de Souza Trindade, a pesquisa foi elaborada com base na certificação ISO 9001/2008 para atender os requisitos de qualidade dos clientes, em especial, o seu nível de satisfação e de segurança, precisão, confiabilidade e disponibilidade. A maior parte dos pilotos participantes da entrevista estão englobados nas categorias comercial (PC), com 24,5%, e militar, com 23,6%. O estudo revelou ainda a importância da inclusão e representação de informações cartográficas ou aeronáuticas nas cartas de aproximação por instrumentos. Para os usuários, itens como altitude mínima de área, rumo verdadeiro, distância entre pontos, escala e relevo são fundamentais e receberam a nota máxima entre os entrevistados.

Publicações
Outra questão apontada pela pesquisa foi a impressão positiva a respeito dos produtos disponibilizados pelo ICA (AIP-Brasil, Rotaer, Cartas visuais, Cartas de corredores visuais, entre outros), principalmente, nos aspectos de segurança, confiabilidade e disponibilidade. A publicação Rotaer, que traz informações sobre a infraestrutura e as características dos aeródromos homologados no Brasil, por exemplo, foi avaliada como ótima e excelente (65,4%) no quesito confiabilidade. Já as cartas visuais foram avaliadas como ótimo e excelente (58,5%) no quesito segurança; e ótimo e excelente (55,2%) no item precisão. Para o Diretor do ICA, a pesquisa foi bem positiva. Primeiro pela participação significativa de usuários de produtos do AISWEB (fonte oficial de informações aeronáuticas em meio digital produzidas pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA). Segundo pela qualidade das respostas. “Além do resultado ter sido muito positivo em relação a esses requisitos, todas as propostas e observações emitidas pelos partícipes estão sendo analisadas e, algumas delas, já inseridas nas atividades atuais do ICA, independente do lançamento de uma futura carta IFR, prevista para 2016”, explica. O Diretor do ICA afirmou que em 2016 o layout atual das cartas IFR pequenas deverá ser redefinido. “Assegurando os critérios regulares, temos a expectativa de elaborar uma carta IFR mais identificada às sugestões e propostas emitidas na pesquisa”. O Instituto tem a missão de oferecer ao usuário publicações que apresentem padrão de excelência e, por esta razão, o resultado esperado desta avaliação é que quaisquer produtos, em especial, as cartas aeronáuticas sejam utilizadas com a máxima satisfação possível por todos os usuários. O ICA é o único órgão brasileiro responsável pela cartografia e informações aeronáuticas. Produz mapas, cartas e manuais – em meios impressos e digitais –, em conformidade com os requisitos de segurança preconizados pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo e pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).