Voar é um desejo que começa em criança!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Carreiras na Aviação

Força Aérea recebe novos alunos
Na EEAR
A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP), recebeu os novos alunos no dia 10 de janeiro de 2016. Mais de 450 jovens aprovados nos exames de seleção para os cursos de Formação de Sargentos (CFS), com duração de dois anos; Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento Modalidade Especial (EAGS-ME), com duração de um ano; e Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS), com duração de seis meses. Muitos dos alunos chegaram acompanhados de familiares e amigos. A maioria dos candidatos aprovados são da região Sudeste (70%), seguido do Nordeste (10%), Sul (8%), Centro-Oeste (7%) e Norte (5%). Também há alunos estrangeiros. Neste semestre, o maior centro de ensino técnico da América do Sul recebe cinco alunos do Paraguai, dois de Cabo Verde e quatro de Togo.

Na AFA
A história do mineiro de Ponte Nova, Mateus Sereno, começa com a dúvida de quase todos os jovens prestes a concluir o ensino médio: qual carreira seguir? Em meio a pesquisas sobre diferentes cursos, a Força Aérea Brasileira lhe apresentou uma opção e um sonho: o de ser aviador. A expectativa começou a tomar contornos de realidade em 14 de janeiro de 2016, quando Mateus iniciou o estágio de adaptação militar na Academia da Força Aérea, localizada em Pirassununga (SP). “Eu acordava, normalmente, às 6 horas, para ir à aula às 7 da manhã. Passei a acordar às 5h30. Usei a meia hora extra em treinamento físico. Depois do almoço, passei a ir à biblioteca para estudar. Eu só ia embora para casa quando achava que tinha visto matérias o suficiente. Muitas vezes os estudos iam até tarde. Era uma rotina cansativa, e que sacrificava muito a vida social, mas eu tinha em mente que era um esforço que renderia uma vida inteira de frutos pela frente”, descreve Mateus sobre as horas dedicadas aos estudos serem recompensadas com a aprovação na primeira tentativa no processo seletivo. Os jovens recém-chegados integrarão o Primeiro Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica. No total, serão 178 aviadores, 40 intendentes e 16 infantes. Sendo, 118 egressos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), além de cinco estrangeiros que realizam o curso como resultado de um acordo de cooperação entre o governo brasileiro e nações amigas.