Voar é um desejo que começa em criança!

sábado, 9 de janeiro de 2016

Proteção ao Voo

FAB cria sistema alternativo de comunicação de dados
O Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica (PAME-RJ), unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) localizada no Rio de Janeiro, desenvolveu um novo sistema de comunicações por satélite para a continuidade da operacionalidade das redes de comunicação que suportam as infraestruturas de dados do controle do tráfego aéreo. O Sistema Backup do Telesat (SBT) foi instalado na área do Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV), em Manaus. Ele provê os enlaces de comunicações de voz e dados, até então, disponibilizados pelo sistema Telesat para as principais redes de comunicações administrativas e operacionais do Comando da Aeronáutica (COMAER), por meio de 111 estações instaladas em todo o território nacional. O processo desde a concepção técnica até a instalação do sistema demorou menos de 18 meses, sendo concluído no final de novembro 2015. “Após a conclusão da instalação do novo sistema, o PAME-RJ possui sobressalentes suficientes para garantir a manutenção das demais estações do Telesat que atendem aos outros regionais por pelo menos mais cinco anos”, ressalta o Diretor do PAME-RJ, Coronel Engenheiro Dalmo José Braga Paim. O sistema SBT criado pela FAB é capaz de monitorar, em tempo real, o tráfego e taxa de ocupação dos links, apresentando esses dados sob a forma de gráficos. Dessa forma, os engenheiros e técnicos serão capazes de realizar análises mais consistentes durante as pesquisas de panes, ter informações cada vez mais precisas para proposição de mudanças ou aumento de capacidade dos links. A utilização de equipamentos e de modens satélites de última geração no novo sistema permitiu um impacto significativo no consumo de banda, com uma redução de aproximadamente 90% na banda satelital utilizada em cada estação. A economia proporcionou um aumento de, aproximadamente, dez vezes da banda de intraer (rede interna) na maioria das localidades atendidas e, com isso, já gerou uma economia anual de aproximadamente R$ 5 milhões com aluguel de canalização junto às concessionárias de telecomunicações.