Voar é um desejo que começa em criança!

sexta-feira, 31 de março de 2017

Aeronaves

O Embraer 195-E2 voa pela 1ª. vez 
Dez meses após o primeiro voo do E190-E2, a Embraer realiza o voo inaugural de mais uma aeronave da segunda geração da família de E-Jets antes da previsão inicial. No dia 29 de março de 2017, decolou, pela primeira vez, o jato E195-E2, maior integrante da família e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas. O voo, originalmente programado para o segundo semestre deste ano, ocorreu apenas três semanas após a cerimônia de apresentação da aeronave. “Com nível de eficiência único, o E195-E2 oferece aos nossos clientes a oportunidade de desenvolver novos mercados com maior lucratividade sem comprometer a competitividade de custo unitário. É uma máquina de geração de resultado”, disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial. Com custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 é o avião ideal tanto para o crescimento de empresas regionais quanto para a complementação de frota de empresas de baixo custo e linhas principais. O avião terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao E195 atual.

Uso comercial começará com a Azul 
O E195-E2 decolou às 11h22, hora local, do aeroporto de São José dos Campos (SP) e voou durante duas horas, marcando assim o início da campanha de certificação da aeronave. A tripulação, formada pelos pilotos Márcio Brizola Jordão e José Willi Pirk, além dos engenheiros de voo Celso Braga de Mendonça e Mario Ito avaliou o desempenho da aeronave, qualidade de voo e o comportamento de sistemas tais como o piloto automático, fly-by-wire e retração do trem de pouso. Com uma envergadura de 1.4 metros maior que o do E190-E2, o E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único, aumentando assim sua eficiência de consumo de combustível . A Embraer utilizará dois aviões na campanha de certificação do E195-E2. O primeiro protótipo será utilizado nos ensaios de aerodinâmica e desempenho, enquanto o segundo avião, que também deve realizar o voo inaugural até o fim de 2017, será empregado na validação de tarefas de manutenção e de interior. A entrada em serviço comercial está planejada para 2019, com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras. O E195-E2, que conta 90 pedidos firmes de compra, possui três fileiras adicionais de assentos em comparação com o E195 atual, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 assentos em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance com relação ao modelo atual, de mais de 800 quilômetros adicionais (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.

Fonte: Embraer