Voar é um desejo que começa em criança!

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Transporte Aéreo

Técnicos de Logística avaliam eventual aeroporto em Lorena (SP) como crescimento
Estudantes concluintes do curso de Técnico em Logística, da Escola Técnica Padre Carlos Leôncio da Silva, em Lorena (SP), apontam a instalação de um aeroporto na cidade como oportunidade de crescimento. Os formandos realizaram pesquisa e compilaram o trabalho de conclusão de curso fazendo conexão do presente com o passado histórico do município, que já teve um aeródromo destinado a escola de pilotagem e foi, inclusive, escala de uma linha aérea comercial na rota Rio – São Paulo, operada pela empresa TAL – Transportes Aéreos Limitada. O campo de aviação que servia o município ficava no antigo Horto Florestal, hoje denominado Flona – Floresta Nacional, em área do governo federal.

Monografia
A monografia dos formandos traçou os fatos históricos da aviação na cidade de Lorena, interligando passado e o futuro. “É de extrema importância que os lorenenses tenham conhecimento sobre o que já ocorreu e o que poderia ocorrer, se o aeroporto estivesse em atividade hoje em dia”, assinala a introdução do documento. Além de revisão bibliográfica para dar suporte teórico às suas argumentações, os alunos da escola Padre Leôncio aplicaram questionários de pesquisa qualitativa, para apurar o pensamento de profissionais de diversos setores acerca de uma eventual reativação de um aeródromo na cidade. Os formandos inferiram que “Lorena teria uma visibilidade positiva no setor aeroportuário, aumentando o emprego, trazendo para a cidade oportunidades de especialização no setor, aqueceria a economia regional e aumentaria a perceptibilidade de outras regiões para com o município, havendo um crescimento socioeconômico, com futuros investimentos em setores comerciais, industriais e educacionais”. Tendo em vista a importância da cidade de Lorena na região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, a partir de sua localização que dá acesso direto aos três principais estados do Brasil: Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais buscou-se no trabalho estudar uma alternativa de modal de transporte, baseado no aéreo, capaz de facilitar o escoamento de produtos, serviços e pessoas. O trabalho assinala que é possível ver que, no Brasil, o modal aéreo é desvalorizado pela eventual falta de infraestrutura nos aeroportos, pelo alto custo e pela falta de investimentos no setor aéreo, principalmente nas pequenas cidades do interior.

Pauta da cidade
Os técnicos em Logística avaliam que um aeródromo em Lorena atenderia serviços de táxi aéreo, escola de pilotagem, apoio ao acesso para centros de turismo religioso na região, além de atividades da indústria e comércio. Os formandos Emiliana Cristhine da Silva, Fernando Francisco Sobrinho, Jaziel Correa dos Santos, Maria Gabriele Lopes Leduino, Paulo Henrique Guatura e Rodolpho Guedes de Castilho dizem no trabalho que “a criação de um aeródromo em Lorena, em área livre de ocupação urbana e com possibilidades de oferecer espaço para empreendimentos ligados ao setor aeroespacial, tanto industriais, como educacionais e de prestação de serviços, é um assunto que merece ser colocado na pauta de discussões da cidade”.