Voar é um desejo que começa em criança!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Aeroportos

Campo de Marte completa 97 anos
O Aeroporto Campo de Marte (SP) completou, no dia 26 de julho de 2017, 97 anos de operações. Suas atividades se iniciaram em 1920, ano em que foi construída uma pista para pousos e decolagens e um hangar no local onde a Força Pública do Estado de São Paulo mantinha sua escola de aviação. Sob a administração da Infraero desde 1979, o aeródromo foi a primeira infraestrutura aeroportuária da capital paulista. Embora o Aeroporto Campo de Marte não possua linhas aéreas regulares, ele é o 5º em movimento operacional no Brasil. De acordo com os dados da Infraero, no ano de 2016 foram realizados 71.527 pousos e decolagens, cerca de 200 operações diárias. As 71.527 aeronaves que pousaram no terminal no ano passado transportaram 125.395 passageiros. A média mensal de pouso e decolagem de 2016 foi de 5.960 movimentos, sendo que 56,2% referem-se às operações com helicópteros. O aeroporto possui infraestrutura que permite pouso e decolagem noturnos em uma pista de 1.600 metros, e um heliponto.

Parque e Museu
Em reunião com o Ministro da Defesa Raul Jungmann, o prefeito de São Paulo, João Doria, resolveu o impasse com o Aeroporto Campo de Marte, famoso por receber aeronaves da aviação geral na grande São Paulo. O aeroporto continuará sendo operado pela Infraero, porém a prefeitura criará um Parque Municipal no local onde existe uma área de mata atlântica, com cerca de 400 mil m². O prefeito reiterou a criação de um museu aeroespacial no futuro, aproveitando o acervo do Museu da TAM, que no momento está fechado em São Carlos. O parque será criado nas proximidades da cabeceira 12, atrás do Hospital de Força Aérea de São Paulo.