Voar é um desejo que começa em criança!

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Datas Especiais

Dia da Aviação de Asas Rotativas na FAB
O calendário da Aeronáutica brasileira reserva 03 de fevereiro para comemorar o Dia da Aviação de Asas Rotativas. A data faz alusão ao batismo de fogo de pilotos e mecânicos de helicópteros da FAB, em missão no continente africano. No dia 3 de fevereiro de 1964, militares da Força Aérea Brasileira, a serviço da Missão de Paz da Organização das Nações Unidas na República Democrática do Congo, enfrentaram fogo inimigo para resgatar missionários de uma área em conflito. A perícia das tripulações brasileiras no comando de antigos H-19 da ONU garantiu o sucesso da missão. Passados 45 anos, a Portaria n° 21/GC3 do Comando da Aeronáutica determinou que o Dia da Aviação de Asas Rotativas da Força Aérea Brasileira seja comemorado em 3 de fevereiro. A FAB possui esquadrões de helicópteros prontos para operar em qualquer ponto de território nacional. O 1°/8°GAV sediado em Belém do Pará utiliza aeronaves H-1H, assim como o 5°/8°GAV, que tem sede na Base Aérea de Santa Maria, no interior do Rio Grande do Sul. O 2°/8°GAV, sediado em Recife e o 1°/11°GAV, em Natal operam com aeronaves H-50 (Esquilo). No Rio de Janeiro, o 3°/8°GAV utiliza o H-34 (Super-Puma), enquanto os H-60L (Black Hawk) do 7°/8°GAV cortam o céu da Amazônia Ocidental partindo da Base Aérea de Manaus. Na Base Aérea de Porto Velho – Rondônia, o 2º/8º GAV, Esquadrão Poti, opera o helicóptero AH-2 Sabre. Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o 2°/10°GAV, que além das aeronaves de asas fixas, também conta com helicópteros H-1H para a missão de Busca e Resgate. Além das unidades aéreas operacionais, outras organizações compõem a Aviação de Asas Rotativas cumprindo importantes missões de apoio: o IPEV (Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo), localizado em São José dos Campos-SP, o PAMA-AF (Parque de Material Aeronáutico dos Afonsos, no Rio de Janeiro-RJ), que gerencia a Logística dos helicópteros da FAB e o GTE (Grupo de Transporte Especial). Além dessas, ainda operam helicópteros a AFA, como alerta-SAR e o CLA-Centro de Lançamento de Alcântara, para apoio aos lançamentos.