Voar é um desejo que começa em criança!

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Biblioteca Ninja

ASAS DO VENTO
Asas do Vento, ousada aventura de Gérard Moss, revela os bastidores da primeira volta ao mundo num motoplanador, que foi acompanhada de perto pelo programa Fantástico, da TV Globo, e por todos os brasileiros, em 2001. Mais uma vez, Moss foi pioneiro, cruzando o Pacífico e dando a volta ao mundo sozinho neste tipo de avião. Foram cem dias de viagem, lutando contra as piores condições climáticas, a burocracia e imprevistos que ameaçaram várias vezes o sucesso da empreitada. Mais um título da coleção Viagens Radicais, dedicada a aventuras fantásticas e reais nos lugares mais inóspitos, exóticos e interessantes do planeta. Gérard e Margi Moss viajam juntos em expedições há muitos anos. Já fizeram uma viagem de circunavegação da Terra e deram uma volta completa no continente americano em um monomotor Sertanejo, aventuras divididas com os leitores nos livros Volta por cima e Loucos por ti, América. Desta vez, porém, Gérard foi sozinho. Piloto particular, ele encarou o desafio de levar um motoplanador ao redor do mundo, um feito inédito da aviação mundial reconhecido pela Fédération Aéronautique Internationale. Margi ficou em terra, dando o apoio logístico, e depois, partindo do diário de bordo de Gérard, transformou suas aventuras neste livro. Segundo o francês René Fournier, projetista e criador do avião planador em 1947, “dar uma volta ao mundo em um motoplanador era algo que ninguém, antes de Gérard Moss, havia sequer tentado. Ele percorreu em 100 dias 55.000 km, visitou 40 países e fez 68 escalas, tudo isso com um aparelho com a mínima potência do Ximango. Isso valoriza ainda mais a proeza”. Voar várias horas nas camadas mais baixas da atmosfera, em todas as latitudes e nas condições mais difíceis e extremas, exige do piloto não apenas um grande profissionalismo, mas também uma constituição sólida e grande coragem. Gérard Moss tem todas essas qualidades, o quer ficou provado em suas aventuras anteriores. Mas a aventura de Asas do Vento é ainda mais marcante, e vai permanecer para sempre como um périplo impressionante e magnífico, que merece figurar no grande livro das mais belas aventuras.

Asas do Vento
A primeira volta ao mundo num motoplanador
Gérard Moss em depoimento à Margi Moss
Editora Record, 2002.
332 páginas.
54 fotos.
Saiba mais: Mundo Moss - Livros