Voar é um desejo que começa em criança!

sábado, 26 de maio de 2012

Carreiras na Aviação

Primeira mulher piloto de C-130 é capacitada na FAB
No dia 22 de maio de 2012, terça-feira, a Base Aérea de Canoas (RS) foi o cenário de um voo histórico: a formação da primeira aviadora da Força Aérea Brasileira (FAB) apta a pilotar uma aeronave de transporte C-130 Hércules, no Esquadrão Gordo (1º/1º GT). A 1° Tenente Aviadora Joyce de Souza Conceição realizou seu último voo de instrução em Canoas. Pela fonia da aeronave, era possível ouvir as orientações do instrutor e todas as ações realizadas pela piloto, que informava cada passo durante o voo. Uma espécie de prova oral, com a diferença de que ela estava no comando de uma série de manobras em uma aeronave que mede 30 metros de comprimento, 40 de envergadura, e pode carregar até 30 toneladas. Formada na Academia da Força Aérea em dezembro de 2006, a oficial aviadora é uma das 11 integrantes da primeira turma de pilotos mulheres da FAB e que agora torna-se pioneira também como a primeira piloto militar da aeronave C-130 no Brasil e a segunda a pilotar esse tipo de aeronave em todas as Forças Aéreas da América Latina. “Saber que poucas mulheres tiveram a oportunidade e coragem para comandar uma aeronave militar de grande porte, é motivo de muito orgulho para mim e para toda minha família”, diz Joyce, referindo-se ao sonho de sua mãe de vê-la pilotar o C-130. A vontade de aumentar o alcance das missões humanitárias das quais participou fez com que ela deixasse sua cidade natal, Manaus (AM), e se juntasse ao Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte, Esquadrão Gordo, sediado na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ). “Em Manaus, realizei várias missões em apoio a populações ribeirinhas em campanhas de vacinação, e pude realizar essa ajuda em proporções maiores muito me alegra”, afirma a Tenente Joyce, que, durante quatro anos pilotou aeronaves C-98 Caravan e C-97 Brasília na região Norte do país. “Esse é o primeiro passo da minha formação operacional, pois além de transporte de carga, meu esquadrão de voo realiza também a missão de Busca e Salvamento (SAR), Reabastecimento em Voo – REVO e pousa no continente Antártico”, disse a Tenente Joyce.

Notícia no Diário de Canoas
A edição de 24/05/2012 do jornal Diário de Canoas destacou o êxito da tenente Joyce com o título “Primeira mulher piloto de aeronave C-130 da FAB treina em Canoas”. Diz o texto: “Quebrar tabus e mostrar que as mulheres, cada vez mais, podem ocupar espaços profissionais antes de domínio exclusivo dos homens. É o que faz a 1ª tenente-aviadora Joyce de Souza Conceição, 28 anos, há oito na Força Aérea Brasileira (FAB). Em Canoas desde 17 de maio, a amazonense Joyce acaba de transformar-se na primeira mulher piloto-militar do Brasil, e a segunda na América Latina, a ter nas mãos o controle de uma aeronave C-130 Hércules.” O jornal gaúcho lembrou que “em 1º de julho de 2009, a tenente-aviadora Joyce já havia feito história na FAB. Na ocasião, junto com também tenente-aviadora Adriana Gonçalves, ambas integrando o 7º Esquadrão de Transporte Aéreo (ETA), pilotaram pela primeira vez uma aeronave C-98 Caravan, que partiu da Base Aérea de Manaus com destino a Parintins, no interior amazonense.”

Fontes: Agência Força Aérea e http://www.diariodecanoas.com.br

Saiba mais: Blog do Núcleo Infantojuvenil de Aviação – NINJA de 08/03/2012 e 09/07/2010