Voar é um desejo que começa em criança!

terça-feira, 18 de julho de 2017

Carreiras na Aviação

250 mil pilotos serão necessários no mundo, nos próximos 10 anos
Com o intenso crescimento do tráfego aéreo mundial, a demanda por pilotos é cada vez maior. Contudo, o setor dependente da conjuntura econômica não conseguiu se antecipar à necessidade e agora encara falta de mão de obra qualificada. Nos próximos dez anos, a aviação comercial vai precisar contratar cerca de 250 mil pilotos no mundo todo. O dado é de um estudo publicado em junho de 2017, no Salão Aeronáutico Le Bourget (França), pelo CAE, companhia especializada em formação no setor da aviação civil. Para manter o crescimento da indústria do transporte aéreo comercial, o informe recomenda a formação de 180 mil copilotos que, mais tarde, serão promovidos comandantes de bordo, "número superior a todas as décadas anteriores". Diante do robusto tráfego de passageiros, crescendo 4,5% ao ano, as fabricantes Boeing e Airbus estão apostando em dobrar suas frotas de aeronaves nos próximos 20 anos, com a maior parte da demanda vinda da Ásia. Contudo, mais aviões significam mais pilotos. E esse mercado está "tenso" há seis meses ou um ano, garante Philippe Crébassa, diretor adjunto da Enac, maior escola aeronáutica da Europa, em Toulouse, na França. Formar um piloto é algo difícil, custa tempo e dinheiro. A formação de um copiloto leva dois anos e meio. Para virar comandante, um copiloto leva entre cinco e dez anos.

Fontes: G1 e France Press