Voar é um desejo que começa em criança!

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

RIO 2016

Voo de 14-Bis foi um dos pontos altos da cerimônia de abertura
Cerimônia reuniu milhares de espectadores no Maracanã
e foi vista por mais de 3 bilhões de pessoas no mundo

A participação da réplica do 14 -Bis e de um sósia de Santos-Dumont, o pai da Aviação, foi um dos momentos marcantes e históricos na abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A cerimônia, que também foi marcada pela originalidade e uma mistura de ritmos, aconteceu na sexta-feira (05/08), no Maracanã – Rio de Janeiro. O personagem de Santos-Dumont entrou em cena a bordo de uma réplica um pouco menor que a original do 14-Bis que iniciou um sobrevoo sobre o estádio. A partir daí, milhares de expectadores embarcaram numa viagem noturna e virtual pelas paisagens do Rio de Janeiro, através de um vídeo dirigido pelo diretor Andrucha Waddington. Neste momento, a apresentação foi embalada pela música Samba do Avião, de Tom Jobim. Santos-Dumont é considerado o primeiro herói olímpico. Suas engenhosidades e feitos foram registrados e arbitrados pela Federação Internacional da Aeronáutica (FAI). Pelos vários prêmios e por sua grande contribuição à aeronáutica como ao esporte, no início do século XX, Alberto Santos-Dumont foi agraciado por Pierre de Coubertin, então presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), com o Diploma Olímpico, em 1905. O feito mais famoso de Santos-Dumont, no entanto, ocorreu um ano após a entrega do Diploma Olímpico, ao alçar voo, em 1906, com o 14-Bis. Em 2006, no centenário do voo do 14-Bis, Alberto Santos-Dumont foi elevado ao posto de Marechal-do-Ar, Pai da Aviação. Para um dos diretores de criação do evento, ter um herói olímpico eterniza o sentimento de orgulho. "Santos-Dumont foi escolhido para estar no espetáculo por, assim como, Tom Jobim, Niemeyer, Gisele Bündchen, serem exemplos de brasileiros reconhecidos internacionalmente, cada um com sua característica. O fato de Santos-Dumont ser considerado um herói olímpico, nada mais é, que uma feliz coincidência," afirmou Andrucha.

Fonte: FAB