Voar é um desejo que começa em criança!

terça-feira, 27 de março de 2018

Carreiras na Aviação

Menino de 10 anos criou “laranjocóptero” e ganha bolsa do Aeroclube de Goiás

"Voar é um desejo que começa em criança!" (NINJA)


O sonho de Daniel de Holanda Lima, de 10 anos, está cada vez mais próximo de se tornar realidade. O acreano, que criou o “laranjocóptero” e sonha em fazer o curso de mecânico de aeronaves, ganhou uma bolsa de estudos integral do Aeroclube de Goiás. A informação foi confirmada ao G1 pelo presidente da escola de aviação, Arsênio Costa, no dia 22 de março de 2018. A criatividade de Daniel, que vive em Mâncio Lima, no interior do Acre, ficou conhecida após ele criar um helicóptero usando laranja, uma pilha, fios, um motor velho de DVD e uma hélice de plástico. Ele batizou a engenhoca de "laranjocóptero" e fez sucesso na cidade. “Reafirmo a minha posição e ofereço mais uma vez a bolsa. O aeroclube já fez isso no passado e hoje o rapaz, de 16 anos na época, é comandante de Boeing. Isso é o máximo. Ele tem um sonho na vida e foca nisso e afirma que vai alcançar isso sim. Se ele tiver foco nos estudos ele vai longe, tenho certeza. Se ele fizer isso já é um vencedor”, afirma Costa.

Curso após o ensino médio
Para fazer o curso de mecânico de aeronaves, o menino precisa concluir o ensino médio. Por isso, o presidente do aeroclube afirma que é importante ele focar nos estudos. A proposta da bolsa gratuita vai continuar valendo até que Daniel se forme no ensino médio.“Mas, antes disso vamos falar com a família para ele visitar o aeroclube nas férias e quem sabe até passar uma semana por aqui. Essa profissão é sensacional, pois ele pode trabalhar no mercado daqui e até na China se ele quiser. Queremos que ele conheça as aeronaves e o hangar para ficar ainda mais entusiasmado e empolgado e não desistir”, finaliza. O pai do menino, Claudemir da Silva Lima, de 41 anos, relata que além do Aeroclube de Goiás, a Força Aérea Brasileia (FAB) e uma equipe do astronauta brasileiro Marcos Pontes também entraram em contato. Ele falou que ainda estava lendo todas as mensagens que recebeu para poder dar mais detalhes. “Se ele quiser ir estudar fora eu vou dar todo o apoio que ele. Esse é o sonho dele e vou apoiar. Ainda não tenho muito detalhes sobre como seria essa bolsa, mas sei que vai ser muito bom para ele”, destaca o técnico de eletrônica.

Voo pela primeira vez
O menino realizou o sonho de andar de avião dia 22 de março de 2018. Feliz com o presente, ele agradeceu, pediu para que o piloto saísse de Cruzeiro do Sul e sobrevoasse sua cidade natal, Mâncio Lima. Daniel relatou que os 30 minutos que passou com o pai dentro do avião foram os melhores de toda sua vida. O sonho foi realizado por uma empresa de táxi aéreo do estado. Lima diz ainda que em nenhum momento pensou que a história do filho tomasse uma proporção tão grande. Segundo ele, Daniel não para de sorrir e está ainda mais focado em ser mecânico de aeronaves. “O sorriso dele é de orelha a orelha. A gente nunca pensou em dar tantas entrevistas na vida, ficamos até meio envergonhados. Estou feliz que conheceram a história do meu filho e mais feliz ainda que o sonho dele pode se tornar realidade como ele sempre quis”, comemora o pai. Cleilson Thaumaturgo, gerente da empresa que proporcionou o voo panorâmico para Daniel, disse que muitas coisas na vida começam a partir de um sonho. Ele falou ainda que um dos pilotos que trabalham na empresa sonhava em ser piloto e começou na empresa aos 13 anos lavando aviões. “Hoje é um dos melhores pilotos da região e tem a preferência da maioria dos clientes. Hoje realizamos o sonho desse garoto, isso é importante, demos a ele a oportunidade de conhecer um avião e fazer um sobre voo. As crianças são o futuro da aviação e de qualquer outro tipo de atividade”, falou Thaumaturgo.

Mecânico da FAB envia mensagem
E as surpresas não pararam por aí. Daniel também se emocionou ao receber pelo celular uma mensagem de vídeo do mecânico da FAB, em Manaus (AM) sargento Farias. Ele trabalha com a manutenção de helicópteros Black Hawk. “Oi Daniel, fiquei muito feliz e emocionado ao ver que o teu sonho de ser mecânico de aeronaves é o mesmo que o meu quando criança. Continue se esforçando, se dedicando, tenha força, tenha fé que seus objetivos serão recompensados", disse o sargento.